Slide

A revolta de uma brasileira

17 de janeiro de 2017

Olá pandinhas. Tudo bem com vocês? O post de hoje é mais um daqueles textos onde a gente "solta os cachorros" em cima das coisas que deixam a gente P da vida.

Moro aqui no Brasil desde que nasci e nunca viajei para fora (vontade tenho de sobra haha) e hoje, enquanto caminhava para casa, analisei que existem inúmeras coisas na nossa sociedade que me deixam extremamente chateada, vou contar para vocês.

Sabe aquele sentimento de patriotismo? De "Eu amo o meu país" e "Mato e morro pelo Brasil" ? Então... não tenho. Até hoje eu achava que era por causa dos políticos que são corruptos e que por causa deles as coisas não funcionam: os hospitais não tem médicos nem remédios, as filas são enormes, a educação não tem qualidade, o desemprego cresce cada vez mais, o transporte público é um completo caos, com o preço lá em cima e a qualidade lá embaixo... enfim, os problemas vocês estão carecas de saber.

Mas dentro desse raciocínio eu cheguei a seguinte conclusão: não! A culpa não pertence apenas aos políticos não. Calma, calma, antes de ir me xingar nos comentários conclui a leitura. Sabe porque eu acho que os políticos "não tem tanta culpa"? Porque eles não se auto elegeram. Fomos nós, os brasileiros desempregados, os que sofrem nas filas do SUS, os que reclamam do preço da passagem... nós que colocamos eles lá.

Você leitor ou leitora acha que não tem parcela na culpa? Claro que tem! Nós brasileiros temos o costume terrível de sermos acomodados e apenas reclamar. Reclama do preço da passagem, reclama do trânsito, dos buracos na estrada, do prefeito que rouba e não faz, da corrupção... reclama mas não para pra pensar que se você o colocou lá você é o único que tem o poder de tirar também.

O maior medo dos políticos é que a população se rebele, como na época de Collor e do Gigante Acordou. Porque nós não cobramos mais os nossos direitos? Não lutamos pelos nossos interesses? Que população é essa que se preocupa muito mais com a limitação da internet do que com os milhares de brasileiros que estão sem condições de manter a família pela falta de emprego?

Onde foi parar toda aquela garra, aquela sede de ter serviços e políticos de qualidade? Ficar sentado no computador reclamando no Facebook e no Twitter não vai mudar nossa realidade.

Do fundo do meu coração eu espero esperançosamente que haja um resquício de luta nessa nova geração, pois se seguirmos no ritmo atual viveremos como os burros de carga: com os olhos tapados para enxergarmos apenas o que nos for permitido, seguindo o caminho que designaram para nós, e apanhando caso não fizermos o que querem que façamos.

Devíamos parar de brigar por partido A ou partido B e nos unirmos para brigar pelos nossos direitos. Acho que seria muito mais benéfico para todos nós.

Eu quero um país melhor para mim, meus filhos, e os filhos dos meus filhos. E você? O que nós temos feito para alcançar isso?


2 comentários :

  1. Amei ! Compartilho do mesmo pensamento <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito revoltante né? Amei te ver por aqui, obrigada pela visita linda ♥

      Excluir

Oi! Você vai comentar? Que bom!!! Mas lembre-se, nada de ofensas tá? Isso não é nada legal. Para evitar esse tipo de coisas os comentários passam por moderação, então não desanime se seu comentário não aparecer imediatamente, logo logo ele vai estar aqui! :)