Slide

Mini Férias - Volto Logo!

28 de dezembro de 2016 Nenhum comentário :

Olá pandinhas. Tudo bem com vocês? Estou passando por aqui para avisar a vocês, meus pandinhas queridos ♥, que essa última semana de Dezembro será de fériaaaaas! Por isso vou estar um pouquinho sumida daqui do blog e das redes sociais.

Mas não fiquem tristes! Janeiro reserva uma programação especial, tenho certeza que vocês vão gostar.

No mais, desejo a todos os leitores desse blog um feliz natal atrasado (hahaha) e desejo um próspero ano novo repleto de muitas bençãos e coisas boas. Que 2017 nos reserve todas as surpresas e realizações que esperamos em 2016.

Obrigada, do fundo do meu coração, a todos que me acompanharam até aqui. Vocês ajudaram a deixar meu 2016 mais bonito e feliz. Espero que sigam acompanhando no ano novo que se aproxima, não esqueçam de mim ein?!

Beijos do Panda e até o primeiro dia de 2017 ;)
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Resenha | Anna e o beijo francês

13 de dezembro de 2016 Nenhum comentário :


Informações:


Autor: Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito
Páginas: 286

Sinopse: 


“Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois. Napoleão, Maria Antonieta e vários reis chamados Louis. Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa, que tem algo a ver com o Dia da Bastilha. O museu de arte chama-se Louvre, tem o formato de uma pirâmide, e a Mona Lisa vive lá junto com a estátua da mulher sem braços. E tem cafés e bistrôs — ou qualquer nome que eles dão a estes — em cada esquina... Não é que eu seja ingrata, quero dizer, é Paris. A Cidade Luz! A cidade mais romântica do mundo.” Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer? Stephanie Perkins escreveu um romance de estreia divertido, com personagens espirituosos que garantem dedos formigando e corações derretendo.

Resenha:


Sou infinitamente suspeita de falar dos livros da editora Novo Conceito, que sempre me deixam apaixonada pelas histórias e no caso de Anna e o Beijo Francês não foi diferente. Confesso que no começo eu achei a história meio paradona, mas com o passar dos acontecimentos e principalmente depois que a Anna conheceu o Étienne, simplesmente não consegui desgrudar das páginas.

Com uma leitura super leve, gostosa e envolvente, no fim das contas até você fica meio apaixonada pelo St. Clair. Você se decepciona junto com a Anna, fica feliz quando ela fica feliz, e se imagina lá, como telespectador da história.

Recomendaria esse livro um milhão de vezes para pessoas que assim como eu gostam de romances onde a história é uma linha que mais parece um eletrocardiograma de tantos altos e baixos. E além do romance ele mostra alguns problemas familiares e amizades em prova.

Aposto que, se você ler, você também vai se pegar torcendo pelo tão esperado beijo francês ♥.

Texto | Bonito? Bonito é ser feliz!

6 de dezembro de 2016 5 comentários :

Olá pandinhas. Tudo bem com vocês? Faz muito tempo que não escrevo textos de opinião e hoje a saudade desse tipo de post bateu forte e aqui estou.

Já venho pensando nesse tema faz algum tempo, pois ultimamente ando refletindo muito sobre beleza e padrões, acho que todos nós passamos por esse momento onde queremos nos sentir mais belos, cuidar mais de nós e do nosso corpo. Isso não é nenhum pecado, até certo ponto.

Quantas pessoas vemos levar essa "cultura do belo" a sério demais? Pessoas que ingerem substâncias que mal sabem os efeitos com finalidade de emagrecer, que comem e depois provocam vômito em si mesmas, que deixam de comer aquilo que gostam para entrar de novo naquele jeans, que fazem loucuras para perder peso?

Não apenas isso, existem pessoas que gastam tudo que tem (e as vezes até o que não tem) para comprar roupas de marca, produtos caros, coisas da moda, as vezes falta algo pra ela mas mesmo assim ela prefere estar na moda, bem vestida, quer ouvir elogios...

Mas até onde vamos com isso? É válido abrir mão da nossa felicidade para que os outros nos considerem bonitos? Eu preciso realmente abrir mão do meu estilo para seguir algo que eu nem gosto apenas para que eu seja popular ou me encaixe num padrão de sociedade definido por outras pessoas? É certo eu sentir vergonha do meu corpo, das minhas marcas, do meu cabelo, de quem eu sou?

Eu te digo que NÃO. Você não precisa se envergonhar e nem seguir um padrão. Você não precisa se forçar a aceitar o que você não gosta, não precisa deixar de fazer coisas que fazem você se sentir bem, não precisa abrir a boca e engolir tudo que a mídia e a cultura de massa cospe em cima de você.

Se ponha sempre em primeiro lugar, se ame, se sinta bem com você mesmo(a), se aceite e se houver algo que VOCÊ queira mudar, vá e mude. Não viva às custas de um elogio de alguém ou do objetivo de agradar terceiros. Você é o único dono do seu corpo, você mora nele e é a você que ele tem que agradar, seja por fora, por dentro ou mesmo o que você põe sobre ele.

Ser bonito não é seguir a risca tudo que te é imposto pela moda, pelos padrões... bonito é viver feliz consigo mesmo, ser feliz por ser você! Bonito é aceitar quem você é, como você é! Bonito é se olhar no espelho e pensar: eu sou a melhor versão de mim mesmo(a) que eu poderia ser!

Natal | Como decorar gastando pouco?

1 de dezembro de 2016 Nenhum comentário :

Olá pandinhas. Tudo bem com vocês? A primeira postagem de Dezembro não poderia ter outro tema não é verdade? Estamos oficialmente no mês do natal, aquela época gostosa do ano onde decoramos a casa, ficamos em família.

Nessa vibe natalina trago para vocês algumas dicas maravilhosas de decoração gastando bem pouco, mas que deixa qualquer decoração comprada em loja no chinelo. Você pode adicioná-la ao que você já tem, ou se assim como eu não tem nada de decoração, montar a sua do zero. Vamos lá?

1. Árvore de Natal


Natal que se preze tem que ter arvore de natal, é ou não é? Mas nem sempre podemos (ou queremos) comprar aquelas árvores tradicionais que vendem a rodo em lojas de 1,99. Por isso trouxe algumas sugestões de árvores diferentes para você arrasar na decor.

Você pode utilizar madeiras velhas, galhos de árvore, fotografias, adesivo, fitas, papel...









2. Guirlanda


Convenhamos, uma porta com uma bela guirlanda fica um charme não é mesmo? Mas assim como as árvores, podemos fugir das tradicionais e montar uma com a nossa cara. Veja algumas sugestões usando feltro, eva, papelão, rolinhos de papel higiênico e se inspire ♥.










3. Decorações para a árvore


Não precisa sair correndo pra comprar aquelas bolas convencionais (que eu particularmente acho bem caras). Dá para decorar a árvore usando outro tipo de material (linha, feltro, papelão de rolinho de papel higiênico...) como vocês podem ver a seguir:












4. Decorações para a mesa


A mesa da ceia também merece uma decoração especial. Você pode montar com itens que você já tem em casa ou fazer usando feltro, papelão, papel colorido, velas, tinta...










5. Varal Natalino


Você tem alguma janela ou parede dando sopa na sua casa? Aproveita então e monta um belo varal natalino. Você pode aproveitar todas as ideias anteriores e adaptar na forma de um varal. Olha que lindo:




6. Decorações aleatórias











7. Pisca-pisca


Para fechar com chave de ouro, não podemos esquecer os pisca-piscas, item indispensável numa decoração de natal. Ele pode ser a decoração. ou complementar a já existente.






Com base nessas dicas que dei para vocês, eu lhes apresento minha decoração de natal, feita totalmente pela minha pessoa. Como moro em república não pude exagerar muito, mas queria que quem entrasse aqui soubesse que nós estamos animados para o natal.

Os materiais que eu usei não diferem muito dos que já falei lá em cima: galhos de árvore, latas vazias, feltro, eva, papel, fita de cetim, cola quente... e esse foi o resultado:









Está beeeeem simples, mas fiz usando o que tinha em casa mesmo. E aí? O que achou das dicas? Comenta aqui em baixo qual você mais gostou. Beijos do Panda e até o próximo post ♥.