Slide

Doar as minhas coisas?

25 de maio de 2017

Olá pandinhas. Tudo bem com vocês? Estava arrumando o meu guarda-roupa essa semana e pensando em como eu sempre doei as roupas que não me serviam mais.

Quando eu digo "roupas que não me servem" não quero dizer aquelas roupas velhas e rasgadas, que nem servem de pano de chão, eu digo roupas conservadas que não visto mais, ou que não gosto tanto quanto quando comprei, ou aquelas que infelizmente não cabem mais em mim.

É engraçado porque eu não tenho ressentimento quanto a isso: se não visto ou se não cabe mais, a peça pode ser novinha em folha, eu doo. Não tenho essa mania de ficar com o guarda-roupa cheio de coisas que não me servem, sabe?

Conheço e vejo muitos casos de pessoas que são totalmente presas aos seus bens. Que tem o guarda-roupa cheio mas usa apenas um ou dois pares de roupas e se recusa a doar o resto. Sempre fico me perguntando o porquê disso...

Tem tanta gente por aí precisando de roupas, pessoas que passam frio ou que não tem condições de comprar peças para si ou para seus filhos, e tanta gente com peças e peças de roupas mofando no armário. Por que?!

Eu sinceramente não consigo entender. Quando foi que nós nos tornamos tão frios e paramos de perceber e simpatizar com as necessidades do outro? Será que aquele casaco que não usamos há 3 invernos não pode ser doado para esquentar alguém nesse inverno que se aproxima?

Minha mãe sempre me dizia: "Camilla, a gente precisa doar as roupas velhas para dar lugar pras roupas novas" e eu sempre vi isso de uma maneira positiva, desde pequena.

Então que tal fazermos uma faxina no nosso guarda-roupa? Vamos separar todas as peças que nós não usamos e que estão em bom estado e doar para alguém. Seja famílias carentes, seja instituições, ongs, ou campanhas do agasalho, essa peça parada no seu armário pode aquecer o corpo e o coração de alguém nesse inverno que já tá aí, batendo na porta.

Vamos ser menos presos às coisas materiais, isso tudo passa e nada do que está aqui irá ser levado conosco. Vamos tentar contribuir para que a nossa existência e a de outras pessoas possa ser melhor.

Doe. Roupas, sapatos, cobertores, móveis, não importa o que, te garanto que não vai te fazer falta mas pode salvar o dia de alguém que precisa.

E se não tiver ou poder doar bens, doe amor. O mundo precisa disso.

Beijo do Panda e até o próximo post. :)

Postar um comentário

Oi! Você vai comentar? Que bom!!! Mas lembre-se, nada de ofensas tá? Isso não é nada legal. Para evitar esse tipo de coisas os comentários passam por moderação, então não desanime se seu comentário não aparecer imediatamente, logo logo ele vai estar aqui! :)